domingo, 19 de agosto de 2007

Cosa Nostra, Cosa Loro

Os dois filhos da deputada do PSD Helena Lopes da Costa que forneceram os números de telemóvel na sua filiação no partido foram alvo de ameaças de morte como forma de pressionar a mãe, apoiante de Luís Filipe Menezes (a outra filha, que também é filiada no partido mas não deu o número de telemóvel não foi contactada... vá-se lá saber porquê).

O PSD deu Valentim e deu Alberto João Jardim. É mau, mas poder-se-ia pensar que não se tratava de tendência para atitudes mafiosas e sim de meros epifenómenos. Pois parece que não.

É assim que querem não levar uma sova (sim, ninguém põe seriamente a hipótese de ganharem - a questão é de mera gestão da derrota) em 2009?

1 comentário:

Cândida disse...

ai tá admirado? eu não.
sacanas covardes é o k mais há.